Política Construtiva

  • As palavras “Cidadão” e “Sexo”

Quando se mencionar neste documento a palavra Cidadão ou Cidadãos entenda-se os mesmos nos diferentes sexos, raças, com deficiência, cores, e religiões dos Cidadãos.

Da mesma forma quando, por força da boa ordem de escrita, se mencionar apenas um caso ou dois casos de sexo entenda-se que se refere a todos os sexos sendo eles Masculino, Feminino, Homossexual – feminino ou Homossexual – masculino.

  • Definição de Política Construtiva

A política tem de deixar de ser como a conhecemos atualmente. Tem de se reger pelo que está escrito na Organização.

O País é Democrático. Não é permitido às pessoas que tapem a cara, mesmo que parcialmente.

Todos os Imigrantes ou pessoas que venham visitar por motivos turísticos, têm de cumprir escrupulosamente as Leis do País, independentemente da sua cor ou religião.

Vamos falar da organização da Política Construtiva, a única estrutura que dirige os cidadãos.

  • Composição das Organizações

Baseia-se no seguinte:

  • Presidência
    • Composta por três Cidadãos, um de cada sexo rotativamente (Feminino, Homossexual – Masculino, Masculino; Masculino, Homossexual – Feminino, Feminino. A ordem é esta porque a grande maioria dos Cidadãos são do sexo masculino ou feminino daí não fazer sentido haver uma outra combinação em que houvesse Homossexual – Masculino, Homossexual – Feminino e um Masculino ou Feminino.).
  • Governo
    • Composto pelas seguintes Organizações, independentes entre si, mas que colaboram umas com as outras:
      • Direitos & Deveres
        • Presidência (à semelhança do já enunciado atrás)
        • Um Cidadão com formação em Direito para a parte jurídica
        • Um Cidadão com formação em …
      • Saúde
        • Presidência (à semelhança do já enunciado atrás)
        • Um Cidadão com formação em …
      • Educação
        • Presidência (à semelhança do já enunciado atrás)
        • Um Cidadão com formação em …
      • Comunicação
        • Presidência (à semelhança do já enunciado atrás)
        • Um Cidadão com formação em …
      • Produção
        • Presidência (à semelhança do já enunciado atrás)
        • Um Cidadão com formação em …
      • Finanças
        • Presidência (à semelhança do já enunciado atrás)
        • Um Cidadão com formação em …
      • Segurança
        • Presidência (à semelhança do já enunciado atrás)
        • Um Cidadão com formação em …
      • Recursos Humanos;
        • Presidência (à semelhança do já enunciado atrás)
        • Um Cidadão com formação em …
  • Todas as Organizações acima transcritas dependem diretamente da Presidência
  • Na junção de quatro Comunidades (Regional)
    • Composta pelas seguintes Organizações, independentes entre si, mas que colaboram umas com as outras:
      • Saúde
        • Presidência (à semelhança do já enunciado atrás)
        • Um Cidadão com formação em …
      • Educação
        • Presidência (à semelhança do já enunciado atrás)
        • Um Cidadão com formação em …
      • Comunicação
        • Presidência (à semelhança do já enunciado atrás)
        • Um Cidadão com formação em …
      • Finanças
        • Presidência (à semelhança do já enunciado atrás)
        • Um Cidadão com formação em …
      • Recursos Humanos
        • Presidência (à semelhança do já enunciado atrás)
        • Um Cidadão com formação em …
  • Comunidade
    • Presidência (à semelhança do já enunciado atrás)
    • Composta pelas seguintes Organizações, independentes entre si, mas que colaboram umas com as outras:
      • Saúde
        • Presidência (à semelhança do já enunciado atrás)
        • Um Cidadão com formação em …
      • Educação
        • Presidência (à semelhança do já enunciado atrás)
        • Um Cidadão com formação em …
      • Comunicação
        • Presidência (à semelhança do já enunciado atrás)
        • Um Cidadão com formação em …
      • Produção
        • Presidência (à semelhança do já enunciado atrás)
        • Um Cidadão com formação em …
      • Segurança
        • Presidência (à semelhança do já enunciado atrás)
        • Um Cidadão com formação em …
  • Todas as Organizações acima transcritas dependem diretamente da Presidência da Comunidade.

O que está escrito de seguida é um ponto de partida para a concretização de uma Comunidade: pensada para que haja as três áreas base em todas elas (Saúde, Educação, Comunicação), livre de manipulações, falhas de prazos, novos orçamentos depois de já terem sido emitidos uns, a valorizar tanto a beira-mar como o interior.

Deixa de haver Partidos Políticos e passa a haver diversos conjuntos de candidatos à Organização em que cada um propõe uma forma diferente para melhorar a forma de conduzir o destino da Organização a que concorre.

  • Condições de adesão

TODOS os candidatos mostram, através de terceiros, toda a sua vida: Onde nasceram, como se comportaram quando eram miúdos e adolescentes, que escolas frequentaram, como decidiram entrar na Política Construtiva e, acima de tudo, o seu Q.I. determinado por três conjuntos diferentes de psicólogos e estes não participaram em mais nenhum candidato.

Todo este Curriculum Vitae nunca pode exceder mais do que três páginas A4. É disponibilizado um Modelo para preencher para que todos se apresentem de uma forma idêntica. Como é lógico é possível utilizar hiperligações para que os Cidadãos possam verificar os fatos apresentados.

  • Forma de apresentação

É disponibilizado na página da Internet chamada CandidatosParaPortugal2025.pt no caso de se tratar de 2025 o ano de eleições.

É sempre colocado entre 120 dias e 90 dias antes. Nunca antes, nunca depois.

Não há o período eleitoral tradicional, mas sim debates televisivos entre todos os candidatos e, também um a um, em que eles dizem porque é que adotam a forma diferente para melhorar a forma de conduzir o destino da Organização a que concorre e porque é que acham que a forma dos outros candidatos não é tão boa.

A ordem de apresentação dos candidatos sozinhos é feita aleatoriamente pelo Sistema Informático da Presidência do País 24h antes da primeira data sendo válido até 24h antes do dia das eleições.

Cada candidato pode fazer a sua apresentação sozinho até três vezes.

Há 24h em que não há qualquer comunicação por parte dos diversos candidatos imediatamente antes do dia das eleições para que os Cidadãos pensem, com calma, em quem têm que votar.

Os candidatos à Presidência do País têm a possibilidade de utilizar os canais com maior audiência e em horário nobre.

Os candidatos à Presidência das Comunidades têm a possibilidade de utilizar os canais locais com maior audiência e em horário nobre.

Cada debate / apresentação nunca pode demorar mais de uma hora por dia.

  • Período de duração

É eleita uma vez em cada 5 anos. A eleição é constituída por DOIS votos: um para a Presidência do País e outro para a Presidência da Comunidade.

Os candidatos à Presidência que forem eleitos para o País ou para a Comunidade farão com que automaticamente sejam eleitos para as organizações imediatamente dependentes um conjunto de outros candidatos a essas mesmas. Por exemplo:

  • Temos o conjunto A, B e C de candidatos.
  • Para o A temos o D, E, F, G, H, I, J e M que se candidatam às organizações imediatamente dependentes.
  • O mesmo se passa com o B e o C.
  • Ao ser eleito o A os conjuntos D, E, F, G, H, I, J e M são automaticamente colocados nas organizações dependentes, se for o B ou o C serão os seus conjuntos respetivos.

Quanto à Organização dos Países e das Regiões, como já vimos, são de eleição direta pelos cidadãos.

  • Forma de funcionamento

As Organizações eleitas têm de funcionar de uma forma INDEPENDENTE umas das outras. Isto não quer dizer que não haja acordos entre elas para, por exemplo, construir uma via de acesso a uma Escola de Ensino ao mesmo tempo que esta o é.

Presidida pelos Cidadãos da Presidência do País existem centralmente todas as Organizações abaixo descritas.

Presidida pelos Cidadãos da Presidência da Comunidade existem ALGUMAS dessas Organizações.

Isto é em tudo diferente dos atuais Distritos, Câmaras Municipais e Juntas de Freguesia.

Passamos a ter apenas DOIS níveis de decisão.

Sem dúvida que é bem mais simples do que a atual Política.

  • Organizações existentes

As Organizações são: 

  • Direitos e Obrigações;
  • Saúde;
  • Educação;
  • Comunicações;
  • Produção;
  • Finanças;
  • Segurança;
  • Recursos Humanos;
  • Forma de exposição dos resultados

A Comunidade deve expor, SEMPRE, diariamente a todos os seus cidadãos os Proveitos vindo dos impostos onde indicam o numero de cidadãos que estiveram sujeitos aos mesmos (por Região) bem como a sua natureza e as Despesas que têm com os pedidos das organizações, neste caso com um relatório que nunca deve exceder as três páginas de conteúdo a justificar a sua decisão favorável. Em cada mês, cada trimestre e ano passados deve fazer um resumo dos Proveitos e das despesas. Toda esta exposição pode ser feita automaticamente, com exceção dos relatórios.

 

  • Forma de apresentação de um projeto

Com o recurso aos computadores, atualmente, mas num futuro algo que os substitua para fazer o trabalho melhor e mais rápido, uma Organização que dirige uma região propõe à Organização que rege o País a necessidade de, por exemplo, fazer uma ponte sobre um rio. Esta última, depois de analisar o pedido e ver se se enquadra com as do País, propõe a sua realização à Organização da Comunidade que por sua vez (no caso de ser favorável) a entrega aos três Organizadores de topo. Por sua vez este último analisa novamente o pedido e dá o seu parecer favorável ou desfavorável. Todo o processo NUNCA deverá exceder o prazo máximo de 30 dias. Com este caso demonstra-se uma coisa muito simples e eficaz: Fazer uma ponte não é das coisas mais fáceis de realizar. Contudo num prazo de 30 dias no máximo, temos uma resposta favorável ou desfavorável. Não implica que passados cinco anos não se volte a fazer o mesmo pedido, no caso de vir com parecer desfavorável, uma vez que a população evolui e as Organizações mudam a sua forma de trabalhar assim os seus Cidadãos que a compõem.

Para que cada Pedido exista tem de haver concursos entre empresas a nível Regional, no caso de não existirem, a nível do País e, finalmente, no caso de não existirem a nível da Comunidade. Para cada concurso utilizam-se modelos pré-estabelecidos e que só sofrerão alterações de fundo quando forem nitidamente para melhores e as Organizações do mesmo nível as aprovarem na percentagem de pelo menos 75%. Por exemplo:

  • Existe um modelo A para fazer uma Escola de Ensino de tipo I. Tem que obedecer aos parâmetros B, C e D.
  • Para que obedeça, também ao parâmetro E é necessário que pelo menos 75% das Regiões do País a que pertence esteja de acordo e que esse parâmetro seja nitidamente para melhorar o modelo.

A votação de todas as Organizações de Regiões nunca pode passar os 5 dias.

  • O prazo máximo entre um Pedido de uma Organização Regional e a sua resposta é de 30 dias (10 para a Organização do País; 20 para a Organização da Comunidade);
  • Quando se faz um Pedido, deve-se ter TUDO pronto para o começar no caso de vir aprovado. Assim sendo 31 dias depois de ser submetido pode-se começar a executá-lo;
  • O mesmo Pedido pode ser repetido passados 5 anos, no caso de ter vindo com parecer desfavorável;
  • Cidadãos que pertencem a uma Organização

A Organização deve ter um conjunto de Cidadãos a trabalhar para as mais diversas áreas: Desde a Carpintaria até às Comunicações, por exemplo. Com base no trabalho realizado por esses profissionais pode tomar decisões devidamente avalizadas.

Os profissionais, mais uma vez, têm de pertencer à Comunidade ou País, conforme não forem existindo em cada uma delas.

Devem ser escolhidos os MELHORES profissionais existentes, pagos de acordo com o vencimento médio existente para cada profissão acrescida de 25% por estarem a trabalhar para a Comunidade. Nunca devem ultrapassar o horário de trabalho previsto na lei. Os seus contratos de trabalho devem variar entre três meses e três anos. É possível renová-los desde que não haja, para a profissão em causa, substitutos mais jovens e com Q.I. até  10% a menos. Deve existir tantos quantos os necessários para a realização de todo o trabalho que tem de ser feito de modo a cumprir CRITERIOSAMENTE os prazos previstos.

  • Modelo de Organização

Com este modelo de Organização pertencente à Comunidade podemos ter a certeza de que deixamos de ter a confusão que agora se apresenta em termos de milhares de milhões de euros em que muito pouca gente sabe de onde vem e, principalmente, onde é gasto, para que TODOS OS CIDADÃOS possam ter acesso dia a dia aos Proveitos e às Despesas, ajudar a decidir em que devem ser gastos, tornarem-se uma parte ACTIVA na condução da Organização que os gere.

Construção de uma discussão acerca da Política Construtiva.

© 2020 In.Form@Group

Made by Jorge Verde

Leave a reply


Scroll to Top